Como um bom design de embalagens ajuda a aumentar as vendas do seu produto?

Como um bom design de embalagens ajuda a aumentar as vendas do seu produto

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Um bom design de embalagens pode fazer toda diferença na decisão de compra do consumidor. 

De acordo com o Instituto Ibope Inteligência, 76% dos produtos vendidos são adquiridos pelo consumidor diretamente nos Pontos de Venda (PDV). As embalagens são muito importantes para esse tipo de comércio, pois elas são o primeiro contato que o consumidor tem com o produto.

Em um supermercado, por exemplo, as embalagens definirão se o produto é atrativo ou não. Além da estética, a embalagem também oferece informações práticas, disponibilizadas nos rótulos, que explicam para o cliente os benefícios daquele item e como aquele produto pode ser consumido ou utilizado.

Por isso, é muito importante darmos atenção para o design das embalagens, ele pode ser um diferencial nas suas vendas.

 

Neste blog você vai descobrir:

  1. O que é design de embalagens;
  2. Qual é a importância do design de embalagens;
  3. Como criar uma embalagem que desperte o interesse do consumidor;
  4. Detalhes que você precisa prestar atenção;
  5. Como a Quest pode te ajudar.

O que é design de embalagens?

O design de embalagens é uma área do design de produtos que contempla o exterior do produto, em questões como a sua forma, as cores e as fontes usadas na embalagem, por exemplo.

O profissional responsável por esse processo faz pesquisas para entender a demanda e criar a embalagem mais adequada para cada caso. 

 

Qual é a importância do design de embalagens?

O objetivo do design de embalagens é tornar o produto mais atrativo e, consequentemente, vendê-lo mais.

O apelo visual é muito importante, algumas pesquisas mostram que mais de 60% dos brasileiros consideram a embalagem mais importante do que a marca que produz o produto.

Isso quer dizer que, em uma prateleira de supermercado, o seu rótulo bem feito pode chamar mais atenção do que o daquele do produto de uma empresa famosa, desde que seja mais atrativo aos olhos do público. 

 

Como criar uma embalagem que desperte o interesse do consumidor?

É importante ressaltar que o design de embalagens deve ser feito por profissionais da área. A partir disso, existem algumas observações que devemos levar em conta. 

As embalagens precisam de rótulos com informações sobre o produto, e essa é uma etapa muito importante, pois é nela que devemos escrever de forma clara, objetiva e atraente do que trata o produto.

Informações importantes, ou que tornam o seu produto único, devem ser muito bem destacadas. Por exemplo, se o diferencial do seu produto é ser orgânico, essa informação precisa ser destacada para chamar atenção do consumidor na prateleira, quando este estiver tomando a decisão de compra. 

Tome cuidado com a poluição visual. A partir de pesquisas, você saberá qual é a melhor estética da embalagem, mas é sempre bom tomar cuidado com o excesso de elementos na arte, porque eles podem torná-la desagradável.

Às vezes, a melhor opção é ir para o lado do minimalismo, principalmente se estivermos falando de um produto sofisticado. O importante é ter uma estética chamativa, atraente e que conquiste o consumidor. 

Outro ponto importante é o uso da criatividade na hora de planejar a composição dos elementos da embalagem. Você pode fazer uma referência ao conteúdo ou trabalhar uma imagem que complemente o restante do recipiente. Um exemplo está na imagem abaixo:

embalagem_pato

 

A embalagem de um dos produtos da marca Pato, traz uma referência direta ao símbolo da marca, já que o gargalo do produto tem o formato do pescoço e do bico do mascote da empresa. Esse tipo de elemento fica na memória do consumidor e ilustra como a criatividade é essencial na hora de desenvolver uma boa embalagem e assim vender mais o produto. 

Detalhes que você precisa prestar atenção

Existem alguns itens do rótulo aos quais você deve prestar atenção. São algumas normas e regulamentações específicas para cada segmento e cada produto.

Seguir essas leis impede problemas futuros e evita que você perca tempo e recursos precisando refazer inúmeras embalagens. O órgão que regulamenta o que deve e como deve ir nos rótulos é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Em produtos alimentícios, por exemplo, é obrigatória a presença de uma tabela nutricional. Ela deve seguir o padrão de ser escrita na cor preto sobre um fundo branco. O tamanho mínimo da fonte de escrita dessa tabela deve ser de 8 pontos (que significa 2,8mm). Em produtos menores se aceita 6 pontos (equivalente a 2,2mm). 

Além disso, a embalagem do alimento deve conter os ingredientes, o prazo de validade, as informações nutricionais e as “medidas caseiras”, que é como o consumidor pode medir a quantia que vem no produto, a exemplo de xícaras, fatias, colheres etc. 

É muito importante lembrar que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou novas regras para rotulagem nutricional de alguns alimentos comercializados.

Essas regras entrarão em vigor a partir de outubro de 2022. Leve essas informações sobre a atualização caso o seu produto seja do ramo alimentício. 

Cada segmento deve seguir normas específicas, que variam conforme o produto e as necessidades do consumidor. Para saber mais sobre as normas de cada segmento, é só acessar a página da Anvisa no site do Governo Federal. 

Como a Quest pode te ajudar?

Aqui na Quest nós temos um time especializado para desenvolver o design da embalagem do seu produto. Contamos com uma equipe de designers e diretores de arte que está altamente preparada para dar uma cara nova para seu produto.

A partir de pesquisas, podemos desenvolver peças agradáveis, que com certeza irão atrair o seu público-alvo. Entre em contato conosco e saiba mais.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSA NEWS

Nossas estratégias são baseadas na comunicação integrada e multiplataforma.

CONFIRA MAIS