Comunicação integrada: como é e como aplicar na sua empresa

Comunicação integrada como é e como aplicar na sua empresa

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

A comunicação integrada é aquela que utiliza diferentes canais para transmitir mensagens interligadas e coerentes. Neste artigo você vai saber como aplicar essa estratégia de ouro na comunicação da sua empresa.

Você confiaria em uma pessoa que não tem constância nas ações? Por exemplo, um amigo seu que nunca faz o que promete, ou que em um dia te trata muito bem e no outro nem fala com você?

A comunicação integrada segue mais ou menos essa linha lógica. Ela nos mostra por que é importante manter certa constância e coerência na comunicação da marca em diferentes canais.

A comunicação integrada pode ser peça-chave para construir uma boa imagem da sua marca e consolidar a sua identidade perante o seu público-alvo. Ela ajuda você a ser bem-visto e, até mesmo, admirado pelos clientes. Neste artigo você vai descobrir como colocar a comunicação em prática de forma efetiva. Vamos lá?

Nele você saberá:

  1. O que é comunicação integrada;
  2. Quais os tipos de comunicação integrada;
  3. Quais as características de uma boa comunicação integrada;
  4. Como aplicar a comunicação integrada em sua empresa.

O que é comunicação integrada?

Chamamos de comunicação integrada o tipo de comunicação que usa diferentes canais para transmitir uma mesma mensagem, coerente e unificada. Nela todas as informações têm um mesmo objetivo e são definidas de maneira uniforme e clara entre os times que a desenvolvem.

Esse tipo de comunicação foca tanto o público interno, quanto o externo. Isso quer dizer que a mensagem que será passada para os colaboradores e fornecedores será a mesma que a passada para os consumidores. Além disso, todo o processo de marketing é feito pensando na recepção desses públicos, principalmente em suas percepções sobre a imagem da marca.

Outro ponto importante sobre a comunicação integrada é que ela elabora todos os processos de forma conjunta, desde o planejamento, até a análise e a execução das ações. Um dos principais pontos a serem trabalhados com ela é o atendimento ao público. Não importa o canal em que a pessoa entrar em contato, ela precisará ser atendida da mesma maneira em todos eles.

Nas peças e campanhas, se a sua empresa quiser uma imagem mais despojada e descontraída, essa linguagem deve ser mantida em todos os meios. Essa é uma forma de mostrar verdade e transparência, itens que são muito apreciados pelo público.

 

Quais os tipos de comunicação integrada?

Existem vários tipos de comunicação integrada, por isso, neste artigo, nós vamos falar sobre alguns dos principais. É importante saber também qual deles se adéqua mais à sua empresa.

O primeiro é a comunicação pela internet, que consiste na divulgação da empresa utilizando e-mail, grupos de discussão, salas de bate-papo, patrocínios, dentre outros. Esse tipo preza pela comunicação digital, que inclui as redes sociais e demais canais ligados ao digital. Outro tipo é o marketing direto, que é responsável por estabelecer uma comunicação personalizada com o cliente. Essa comunicação precisa ser feita de forma direta e que marque o consumidor de forma única.

Nós também temos a propaganda, que se refere à apresentação de um produto ou serviço ao mercado e que paga por um patrocinador ou veículo que vai transmitir a mensagem. Também existe a publicidade, que realiza as atividades para promover uma empresa e seus produtos ou serviços, normalmente a partir de geração de notícias na mídia.

 

Quais as características de uma boa comunicação integrada?

Uma boa comunicação integrada conta com pilares sólidos, sendo eles: coerência, consistência, continuidade e complementaridade. Estes são os pontos principais que você deve observar e aplicar na hora de montar a sua comunicação integrada.

Quando falamos em coerência, estamos falando em informações que tenham harmonia entre si. Independentemente de onde o consumidor pesquisar sobre seus produtos ou serviço, a descrição sobre eles deve ser a mesma. Por exemplo, se você for um e-commerce, a descrição do seu produto deve ser a mesma que aparece nas campanhas publicitárias e nas ações de marketing. Tudo precisa ser coerente.

Ao nos referirmos à consistência, queremos dizer que sua comunicação não pode ter contradições. Todas as ações precisam seguir padrões preestabelecidos que regulamentem o que será feito. Você não pode dizer que pensa “x” em um canal e depois dizer que pensa “y” em outro. Os dois precisam mostrar uma constância de pensamento.

Continuidade diz respeito a manter um relacionamento constante com um público. Podemos ver isso melhor nas estratégias de e-mail marketing, onde você mantém um fluxo de mensagens contínuo e permanente. Esta parte também se refere à constância da criação de conteúdo para as redes sociais, você deve alimentar constantemente os canais.

Complementaridade está relacionada às ligações que as mídias fazem entre si. Elas devem ser interdependentes, um conteúdo deve complementar o outro, formando um todo que faça sentido. Um exemplo disso é a divulgação dos canais de atendimento nas redes sociais. Você pode utilizar um post para divulgar algo como um e-mail marketing, uma vaga ou o próprio site da empresa.

 

Como aplicar a comunicação integrada em sua empresa

O primeiro passo para fazer essa aplicação é criar um planejamento. Neste planejamento deve constar tudo que será feito e como será feito. Descreva as ações e quais são os canais em que elas serão aplicadas, além de definir o que é necessário para realizá-las.

Preocupe-se em explorar diferentes canais no planejamento, e de ir testando-os conforme o perfil dos usuários e do seu público. Não esqueça de criar narrativas que se complementam, ou seja, você pode contar uma mesma história e dividi-la, um pedacinho em cada canal.

Mas não se esqueça, ao mesmo tempo que elas se complementam, elas também precisam ser compreendidas separadamente. Por quê? Porque quando um usuário tiver contato com aquele conteúdo em um canal, ele pode não vê-lo nos outros canais. Por isso, essa fragmentação de conteúdo não pode comprometer a passagem da informação de forma individual.

Um bom exemplo de comunicação integrada são as ações da Coca-Cola que sempre mantêm o padrão visual em todos os canais de comunicação. As campanhas, em sua maioria, se comunicam e se complementam.

Gostou de saber um pouco mais da comunicação integrada? Seguir essas dicas pode ajudar muito a construir uma boa identidade para a sua marca . Aqui na Quest nós contamos com um time de profissionais competentes, especializados e comprometidos, que estarão prontos para desenvolver a sua comunicação integrada.

Entre em contato com a nossa equipe clicando no link abaixo e saiba mais.

 

fale com um especialista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSA NEWS

Nossas estratégias são baseadas na comunicação integrada e multiplataforma.

CONFIRA MAIS