Comunicação interna e externa: quais as diferenças e a importância de cada uma

Comunicação interna e externa quais as diferenças e a importância de cada uma

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Comunicar com o colaborador é tão importante quanto comunicar com o cliente. Neste blog nós vamos te explicar as diferenças entre comunicação interna e externa e como ambas podem ajudar o seu negócio.

Ao contrário do que muitos pensam, a comunicação interna é tão importante quanto a comunicação externa. Na verdade, o ideal é que ambas se complementem e mantenham certa coerência nas ações. 

Comunicar bem com o colaborador da empresa é tão essencial quanto comunicar bem com o consumidor do seu produto ou serviço.

Disparidades e divergências entre a comunicação interna e externa podem manchar a imagem da marca e trazer problemas institucionais difíceis de resolver. 

Por isso, na hora de planejar as suas estratégias comunicacionais, é importante que você pense nos dois formatos de comunicação e separe recursos para ambos. 

 

Continue lendo este artigo para descobrir:

1 – O que é comunicação interna e externa;

2 – Por que é importante se preocupar com esses dois formatos de comunicação;

3 – Como integrar a comunicação interna com a externa;

4 – Como um planejamento de comunicação pode auxiliar na comunicação interna e externa.

O que é comunicação interna e externa?

A comunicação externa é aquela que já conhecemos bem, justamente por ser muito usada para falar com os consumidores de uma empresa e passar uma mensagem sobre ela. Isso inclui campanhas comerciais, estratégias de marketing digital e outras ações que divulgam produtos e serviços. 

Seu objetivo é divulgar informações corretamente, gerar conhecimento sobre a marca, conquistar novos clientes, além de cultivar uma boa imagem e reputação. É com essa comunicação que você busca se destacar no mercado. 

Mas lembre-se que a comunicação externa não abrange somente os consumidores, ela também abarca fornecedores, prestadores de serviços, parceiros, investidores, governo, imprensa e sociedade em geral. 

A comunicação interna, como o próprio nome já diz, age internamente na empresa. Ela não visa aos consumidores, mas sim aos colaboradores, que atuam no dia a dia de trabalho do seu negócio. 

Essa comunicação é basicamente institucional e traz informações e comunicados, para tornar os processos mais claros e integrados à equipe. Essa comunicação pretende alcançar um trabalho em equipe mais eficaz e assertivo.

 

Por que é importante se preocupar com esses dois formatos de comunicação?

Como dissemos anteriormente, a comunicação interna de um negócio é tão importante quanto a comunicação externa. 

O relacionamento entre os colaboradores e as lideranças da empresa é fundamental para o desempenho de um bom trabalho. Comunicar internamente evita ruídos desnecessários e aumenta a agilidade no trabalho, assim a equipe não precisa ter esforços desnecessários. 

Se as informações forem passadas de forma clara para os colaboradores, o trabalho rende mais, isso poupa tempo e recursos gastos para consertar erros gerados pela carência de uma comunicação efetiva. 

A comunicação externa é importante para que você se destaque no mercado e tenha uma boa imagem perante o público. Esse tipo de comunicação foca na opinião do consumidor. Se a empresa não for bem-vista, ela não será bem consumida. 

A ideia é que os consumidores lembrem da sua marca consciente ou inconscientemente ao buscarem determinado produto ou serviço que você atende. O ideal é ter uma boa gestão de marca. 

Você pode acessar este ThinkBlog para saber mais sobre o assunto. 

 

Como integrar a comunicação interna com a externa?

O ideal é pensar nos dois tipos de comunicação de forma conjunta desde o começo do seu planejamento. A base da sua estratégia deve integrar a comunicação interna e externa a partir de ações de relações públicas e assessoria de imprensa, em conjunto com a área de publicidade e marketing. 

Quem conhece melhor a sua empresa, e pode apontar pontos positivos e pontos a serem melhorados, são pessoas que estão dentro dela. Por isso, as ações devem unir os times de RH e marketing

Um exemplo desse tipo de integração é anunciar assuntos e novidades importantes para a empresa, que são de interesse tanto para o público interno quanto para o público externo. 

O que pode parecer corriqueiro acaba sendo de grande interesse para os dois segmentos. Exemplo disso é a divulgação de notícias como mudanças no horário de funcionamento ou a inserção de um novo equipamento que é mais ecológico para o trabalho da equipe.

Outra ação interessante é compartilhar ações internas como estratégia de “mostrar a cara” da empresa. Falamos muito na humanização da organização, torná-la mais próxima do público mostrando a realidade, pessoas reais com as quais os consumidores se identifiquem. 

Por isso, é legal trazer relatos e a rotina da equipe interna para o público externo. Isso mostra os valores da marca e a sua forma real de trabalhar. 

 

Como um planejamento de comunicação pode auxiliar na comunicação interna e externa?

É importante lembrarmos que, mesmo sendo possível integrar as comunicações, existem especificidades que devem ser seguidas em cada uma delas. Ou seja, alguns itens da comunicação interna que não podem ir para a externa, como por exemplo informações que comprometam a imagem da empresa. 

Por este e outros motivos é de extrema importância que seja feito um bom planejamento comunicacional.

Nele você definirá objetivos e estratégias que serão efetivas, pensando sempre em ambos os tipos de comunicação e traçando planos que possam comunicar bem em cada um deles. 

No projeto você também definirá quais serão os canais utilizados e de que maneira eles serão utilizados. Outro ponto é definir a verba disponível e balanceá-la entre comunicação interna e externa. 

Com um plano é mais fácil manter a coerência no discurso da empresa, que será o mesmo para o público e para seus colaboradores. Isso fortalece a sua imagem, mostra transparência na forma de trabalhar e os valores que são importantes para a marca. 

A partir de um planejamento bem definido é possível fazer um trabalho integrado e coerente.

Por isso você deve dar atenção para estes dois tipos de comunicação. O ideal é que as duas andem juntas para que o seu empreendimento prospere da melhor maneira possível.

Aqui na Quest nós trabalhamos com os dois tipos de comunicação e podemos te ajudar a desenvolver estratégias coerentes. Entre em contato com a nossa equipe e saiba mais! Será uma honra poder atender você.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECEBA NOSSA NEWS

Nossas estratégias são baseadas na comunicação integrada e multiplataforma.

CONFIRA MAIS