O que é storytelling? Entenda como usá-lo na estratégia da sua empresa

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp

Neste artigo você vai descobrir como a arte e as técnicas para contar uma boa história podem ajudar a sua empresa na sua estratégia de comunicação

 

O que te faz assistir a um filme, a uma série ou ler um livro com gosto? A verdade é que histórias cativantes e bem escritas não apenas chamam a nossa atenção, elas também nos marcam profundamente. Elas deixam lembranças em nossa memória que são difíceis de serem esquecidas. 

Quando falamos em storytelling, estamos falando nessa arte de contar boas histórias, histórias que nos mantêm presos e que nos fazem prestar mais atenção em algo específico. O ponto-chave é que, no marketing, o storytelling pode nos ajudar, e muito, na hora de criar uma campanha, comunicar com o público e vender algum produto ou serviço. 

Quer saber mais sobre o que é storytelling? Está curioso para entender como podemos colocar em prática essa técnica e ajudar a sua empresa? Então continue a leitura desse artigo, pois hoje nós vamos te explicar isso e muito mais. 

Espia só o que ainda vamos descobrir no decorrer deste artigo: 

  1. O que é storytelling;
  2. Onde surgiu essa técnica;
  3. Qual sua importância;
  4. Como utilizar os elementos a favor da sua empresa.

 

O que é storytelling?

Storytelling é a técnica de desenvolver e contar histórias marcantes e relevantes. Utilizamos palavras e recursos visuais para construir uma narrativa instigante e que chama atenção de quem a está consumindo. Outro ponto importante sobre o storytelling, é que a narrativa contada deve trazer certos elementos que são responsáveis por gerar empatia e engajamento com o personagem e com a história. 

Por exemplo, uma história chamativa e bem construída precisa ter um começo, um meio e um fim. Além de que ela também precisa contar um clímax, que é o ápice da história, e ou um plot twist, termo utilizado no cinema para indicar quando uma história tem uma reviravolta inesperada e empolgante. 

É importante lembrar que a mensagem passada pela história deve ficar muito clara, mesmo que você faça uso da subjetividade em determinados momentos. O objetivo é prender e instigar o interlocutor a permanecer atento até o final. 

 

Onde surgiu essa técnica?

Foi contando histórias que a humanidade chegou até aqui. Afinal, era dessa forma que o conhecimento era passado de geração em geração. O avô contava para o pai, que contava para o filho. Mas o ato de contar histórias vai muito além disso, ele nos rodeia em todos os momentos até hoje. 

Por exemplo, quando vamos conversar com amigos, fazer uma apresentação no trabalho ou em outros tipos de interação. Queremos contar as histórias da maneira mais cativante e instigante possível, porque é isso que atrai a atenção de quem está ao nosso redor. Queremos que a mensagem seja gravada, lembrada e repassada. Queremos marcar a vida das pessoas. 

Bom, o ato de contar histórias é muito antigo, podemos dizer até milenar, mas o storytelling como técnica e da forma que conhecemos hoje, é bem mais recente. Como ferramenta de comunicação digital, ele começou a ser estudado nos Estados Unidos, em meados de 1986. Quem propôs essa relação de venda de produtos com a arte de contar histórias foi o escritor Joe Lambert. 

Logo após o lançamento desses estudos, as empresas começaram a perceber que contar histórias para vender produtos era algo muito eficaz. Por isso, essa prática foi se tornando muito comum nas campanhas de comunicação. 

Hoje em dia vemos grandes empresas, como por exemplo Huggies, Itaú e Boticário, criarem campanhas totalmente baseadas em narrar uma história. O foco das produções são os sentimentos e a experiência vivida pelos personagens ao terem contato com aquele produto. 

 

Qual é a importância do storytelling?

Bom, você deve concordar que é mais fácil tornar um produto atrativo contando uma história relacionada a ele, do que apenas citar quais são as vantagens e benefícios de adquiri-lo, não é mesmo? Essa forma de vender envolve o público e desperta interesse na marca. 

Por vezes, o produto em si nem precisa aparecer na campanha, ele pode estar ali, como plano de fundo, como motivador da ação. A peça publicitária conta uma história, em poucos segundos, e essa história cativa e marca o público que a acompanha. 

Você não precisa mostrar o produto e suas vantagens para sugerir quais são as sensações e experiências vividas ao experimentar o produto. Utilizando essa técnica, você estará agregando valor ao que é oferecido.

As emoções dos clientes ativam gatilhos mentais que cativam. É assim que uma narrativa vende, despertando o desejo de compra, despertando o sentimento de querer participar daquela experiência, de estar mais próximo a ela. Essa técnica também reforça a imagem da marca, ou seja, é mais fácil dela ser lembrada com esse tipo de campanha. 

 

Como usar o storytelling a favor da sua empresa?

A técnica de storytelling pode ajudar a criar histórias relacionadas aos princípios e à missão da sua empresa, e assim construir uma imagem do público com relação à marca. Com ela, você também pode criar uma narrativa para despertar o desejo do consumo do seu produto.

Ela também é útil para explicar métodos de uso ou técnicas específicas de alguma coisa, como um produto, exemplificando com histórias como ele funciona. Fica mais fácil de entender a partir de uma história, com personagens com os quais você pode se identificar. 

É importante lembrar que o storytelling não precisa ser usado somente em campanhas, ele pode ser usado também para inspirar times internos na empresa ou fazer apresentações para equipes. A narrativa acrescenta didática e torna mais eficaz a comunicação em todos os seus âmbitos. 

 

Como construir uma boa história?

Primeiro você deve pensar qual é o seu objetivo. O que você pretende despertar no seu público? Qual é a mensagem a ser passada? Depois disso, você tem que planejar e construir um sistema de identificação. Ou seja, ao contar essa história, o que fará com que as pessoas se identifiquem com ela?

O próximo passo é definir a narrativa da sua história, quais serão os personagens e qual será o enredo, quais serão as provações e reviravoltas enfrentadas por esses personagens. Com isso pronto, chegou a hora de analisar o que foi feito. O que você pode melhorar na sua história? 

 

Storytelling e a jornada do herói 

Uma das ferramentas do storytelling é a criação de roteiros com base na “jornada do herói”, conceito criado e descrito pelo antropólogo Joseph Campbell, no livro “Herói de Mil Faces”. Essa jornada consiste em uma espécie de “fórmula” que deve ser considerada na hora de construir um roteiro. 

Nela nós acompanhamos o personagem principal em uma “missão”, que passa por diversas fases até chegar ao seu desfecho, que normalmente é positivo e redentor. Em geral essa técnica desperta empatia no público, que se coloca na pele do personagem, vivendo a experiência junto com ele enquanto assiste ou lê a história. 

Ele deve ter uma introdução, que mostra o contexto da história, depois disso vem um conflito. Em seguida, o “herói”, que é o nosso personagem principal, recusa o chamado. Aí a história mostra-lhe quais ajudas são necessárias. Em seguida, temos o momento de virada, de superação, que será seguido pela conclusão da trama. 

A partir do uso dessas técnicas, o storytelling pode ajudar a sua empresa a conquistar o coração do seu público. Se você quiser saber mais sobre esse tema e como ele pode ser usado também em outros âmbitos, nós indicamos a leitura do livro “Storytelling: Aprenda a contar histórias com Steve Jobs, Papa Francisco, Churchill e outras lendas da Liderança Carmine Gallo”, do autor Carmine Gallo.

Ah, nós também temos uma mensagem muito importante: você sabia que aqui na Quest nós contamos com uma equipe composta de excelentes redatores, que podem te ajudar a criar a melhor narrativa de acordo com o seu objetivo? Isso mesmo! Vem com a gente contar histórias criativas e instigantes!

Entre em contato com nossa equipe agora mesmo! Vamos estar te esperando aqui do outro lado da tela.

 

fale com um especialista

RECEBA NOSSA NEWS

Nossas estratégias são baseadas na comunicação integrada e multiplataforma.

CONFIRA MAIS